BioTec-Amazônia fortalece parceria com Projeto Amazônia 4.0

O encontro busca alinhar projetos para uma nova forma de organização e produção de conhecimentos para a região amazônica.

O Diretor-Presidente da Organização Social BioTec-Amazônia, Professor José Seixas Lourenço, esteve em São José dos Campos, em São Paulo, no dia 8 de junho de 2021, visitando a sede do Projeto Amazônia 4.0. A reunião contou com a presença de Carlos Nobre, cientista com PhD em Meteorologia pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts – MIT, que atuou no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA e no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE e dedicou sua carreira científica à Amazônia.

O encontro buscou alinhar projetos entre a BioTec-Amazônia e o Projeto Amazônia 4.0. O desafio e a oportunidade de colocar a Amazônia na liderança da inovação tecnológica e da bioeconomia gerou um novo modelo de desenvolvimento sustentável batizado de Amazônia 4.0, que é a união do progresso científico-tecnológico com a experiência dos povos da floresta.

Nobre lançou a iniciativa Terceira Via Amazônica, em 2016, e é Diretor Científico e coordenador do Projeto Amazônia 4.0. Também participaram da reunião Luiz Ricardo Marinello, consultor de propriedade intelectual da BioTec-Amazônia e Ismael Nobre, doutor em Dimensões Humanas dos Recursos Naturais pela Colorado State University – CSU. É especialista em Desenvolvimento Sustentável, Questões Ambientais e Biodiversidade e co-líder da Iniciativa Terceira Via Amazônica e do Projeto Amazônia 4.0.

A Quarta Revolução Industrial, está em curso, juntando tecnologias digitais, biotecnologias e ciências dos materiais e fazendo uma ampla utilização dessas tecnologias modernas, para beneficiamento social, econômico e ambiental da Amazônia e suas populações.

A BioTec-Amazônia é parceira do projeto desde 2018 quando promoveu a Semana de Imersão, cujo tema era O Papel da BioTec-Amazônia no Desenvolvimento Sustentável da Região, em setembro daquele ano, no Parque de Ciência e Tecnologia (PCT Guamá). O evento procurava trazer discussões e debates para fomentar o desenvolvimento de tarefas de interesse comum entre instituições para a execução de projetos, estudos e pesquisas, com foco nas áreas de biodiversidade, biotecnologia e bionegócios.

Dentre os palestrantes participou Ismael Nobre que trouxe para a reunião de trabalho com laboratórios e instituições de pesquisa do Pará, o desenvolvimento sustentável à Amazônia como motor da economia regional às cadeias produtivas da biodiversidade da floresta, além de realizar explicar aos presentes o extenso levantamento e sistematização de dados para definir o estado da arte da geração de conhecimentos e produtos da biodiversidade amazônica.

Sede – O Projeto Amazônia 4.0 é uma empresa parceira instalada no Parque Tecnológico Univap, uma unidade estratégica de negócios da Fundação Valeparaibana de Ensino (FVE), fundação comunitária de direito público privado e mantenedora do parque, sediada na cidade de São José dos Campos/SP. O edifício sede do Parque, com área construída de 19 mil m², foi inaugurado em abril de 2005.

O edifício do Parque Tecnológico possui área total dos módulos de 9.362,27 m² (51 Módulos, 3 Escritórios). Além desses módulos, faz parte da área do Parque um galpão de 2 mil m². Estão previstos no projeto a instalação de Salas Limpas, Laboratório de PD&I e novos Espaços Empresariais. Além dos recursos financeiros, essa movimentação de pessoas, empresas e recursos no âmbito do Parque geram um efeito de aglutinação de atividades voltadas ao desenvolvimento científico e tecnológico, bem como ganhos sociais, intelectuais e outros intangíveis para o Sistema Ensino da FVE.

Silvia Leão

Comunicação BioTec-Amazônia. E-mail: silviadesouzaleao@biotecamazonia.com.br. Telefone: (91) 99271-5573. Endereço: Espaço Empreendedor, localizado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá – PCT Guamá, 3ºandar, salas 401 a 404.

Deixe uma resposta