O uso sustentável da biodiversidade na Amazônia
BioTec-Amazônia leva diálogo entre as Populações Tradicionais, a Ciência & a Tecnologia na Amazônia

A Organização Social BioTec-Amazônia apresenta, no dia 10 de agosto, no Hangar – Centro de Convenções e Feiras, uma mesa redonda no evento Sexta Com Ciência, programação integrante da 9ª Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), realizada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet).

A mesa redonda é direcionada às comunidades tradicionais, instituições de ciência e tecnologia, empresas, organizações não governamentais (ongs), pesquisadores e alunos (ensino médio, graduação e pós-graduação). A programação da BioTec-Amazônia propõe reforçar o diálogo entre as comunidades tradicionais, a ciência e a tecnologia e pensar em possíveis estratégias, além de agregar valor aos produtos da sociobiodiversidade amazônica.

Com o tema O Diálogo entre as Populações Tradicionais, a Ciência & a Tecnologia na Amazônia, o evento conta com a presença de José Seixas Lourenço, Presidente Diretor da BioTec-Amazônia, do Prof. Alex Fiuza de Melo, titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), além de Júlio Cesar Meyer Jr., Gerente das Unidades De Conservação da Região Metropolitana de Belém do Ideflor-Bio e representantes das Comunidades do Combú e Abacatal.

Sobre o congresso

O Belém+30 inclui ainda o XVI Congresso Internacional de Etnobiologia, o XII Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia e a I Feira Mundial da Sociobiodiversidade que acontece entre os dias 7 e 10 de agosto de 2018 em Belém do Pará. É organizado pela Universidade Federal do Pará e o Museu Paraense Emílio Goeldi, em colaboração com a Sociedade Internacional de Etnobiologia (ISE) e a Sociedade Brasileira de Etnobiologia e Etnoecologia (SBEE).

A Feira estadual é organizada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) e, todos os anos, é realizada em outubro, acompanhando a programação da Semana Nacional de CT&I. Entretanto, por ocasião da sua inserção no evento internacional, a Feira Estadual foi antecipada e ocorrerá do dia 08 ao dia 10 de agosto.

O primeiro Congresso Internacional de Etnobiologia, organizado pelo Museu Goeldi, foi realizado em Belém em 1988. O evento culminou na Declaração de Belém, documento pioneiro que destacou a conexão entre os povos tradicionais e a biodiversidade, reivindicando seus direitos sobre territórios, recursos naturais e conhecimentos ancestrais.

O evento tem como tema central “Belém +30. Os direitos dos povos indígenas e populações tradicionais e a conservação da biodiversidade três décadas após a Declaração de Belém.” O objetivo deste congresso é refletir sobre a Declaração de Belém e o campo da Etnobiologia ao longo dos últimos trinta anos, focando nos avanços e desafios científicos, éticos, jurídicos e políticos relacionados aos povos indígenas e populações tradicionais e o uso sustentável da biodiversidade.

Serviço

O Diálogo Entre As Populações Tradicionais, A Ciência & A Tecnologia na Amazônia acontece durante 9ª Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), a partir das 8h30, no dia 10 de agosto de 2018, no Hangar – Centro de Convenções e Feiras, em Belém (PA). Mais informações no site da Feira (http://semanact.pa.gov.br/e no site do Belém +30(www.ise2018belem.com).

Texto: Silvia de Souza Leão
Assessora de Comunicação BioTec-Amazônia
(91) 99271-5573 (whatsapp)

Silvia Leão

Comunicação BioTec-Amazônia. E-mail: silviadesouzaleao@biotecamazonia.com.br. Telefone: (91) 99271-5573. Endereço: Espaço Empreendedor, localizado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá – PCT Guamá, 3ºandar, salas 401 a 404.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
shares