O uso sustentável da biodiversidade na Amazônia
BioTec-Amazônia e Setur firmam Termo de Cooperação Técnica

É o sétimo protocolo assinado pela OS que traz gestão inovadora, a partir da construção de alianças entre atores do ambiente de inovação do Estado.

A Organização Social BioTec-Amazônia assinou Termo de Cooperação Técnica com a Secretaria de Estado de Turismo (Setur). O titular da Setur, Ciro Góes, esteve presente junto com o Diretor da BioTec-Amazônia, José Seixas Lourenço onde assumiram o compromisso de desenvolver atividades em concordância com eixos estratégicos que dizem respeito a gestão inovadora da OS, a partir da construção de alianças entre atores do ambiente de inovação do Estado. Esse já é o sétimo protocolo assinado pela BioTec-Amazônia com entidades parceiras. O evento aconteceu no dia 18 de maio de 2018, às 9 da manhã, no auditório Marajó, no Hangar, durante a Feira do Empreendedor 2018.

A assinatura do Termo de Cooperação Técnica contou com a presença de autoridades e parte da equipe da OS BioTec-Amazônia

 

O diretor da Biotec-Amazônia, José Seixas Lourenço, lembrou que no ano de 2015, a Unesco reconheceu Belém como uma das cidades criativas da gastronomia, o que atesta o potencial existente no estado para futuras certificações do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi). “O protocolo firmado com a Setur vai nos permitir desenvolver algumas ações muito concretas, como por exemplo, o ambiente de inovação no Marajó, o feijão manteiguinha de Santarém e a criação do muçuã, no momento proibido, mas que passará por todo um processo de criação segura e de legalização. Já existe, hoje, inclusive, dois restaurantes interessados em possuir um terrário para abrigar esta criação”.

Para o Secretário de Turismo, Ciro Goés, o Termo de Cooperação Técnica é uma das formas de conhecer os parceiros da Secretaria, estreitar essa relação. “A assinatura desse protocolo é mais do que afirmação dos compromissos que o Governo do Estado tem com a gastronomia, mas, também, com o turismo como um todo do Estado do Pará. Esse protocolo será um grande avanço, de grande ganho para a construção do Pará que nós queremos”, explicou Goés.

O especialista em gastronomia e diretor da Setur, Álvaro do Espírito Santo explicou o papel das instituições no protocolo. “Esse trabalho reúne duas instituições com ações complementares. A Setur, responsável pela gastronomia, e a BioTec-Amazônia, traz a expertise, não apenas pela presença do seu Diretor Presidente, um profissional de reconhecida competência, mas também pelo corpo de profissionais que vão nos ajudar a ter uma base científica para os projetos da gastronomia, principalmente no campo científico, em especial com os processos de certificação de indicação geográfica”.

Álvaro também reforçou a importância da assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre as partes. “Essa assinatura simboliza uma preocupação do Governo do Estado em desenvolver esse processo de indicação geográfica com os parceiros que fazem parte do Fórum Estadual de Indicação Geográfica e Marcas Coletivas do Estado do Pará. Nós temos 31 instituições federais e estaduais que integram este fórum, além de instituições não governamentais e instituições de ensino todas focadas em conseguir transformar os grandes potenciais que nós temos aqui no Pará em indicações reconhecidas pelo selo do Governo Federal através do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e das instituições a ele vinculadas”.

O Consultor BioTec-Amazônia Israel Feferman o Diretor Presidente da BioTec-Amazônia José Seixas Lourenço o Secretário de Turismo

Protocolo

Entre as atividades desenvolvidas em conjunto pela BioTec-Amazônia e a Setur estão promover publicações conjuntas das ações, atendendo aos princípios éticos, bioéticos e legais em respeito ao meio ambiente e seus recursos e aos direitos de propriedade intelectual e de repartição de benefícios relacionados às eventuais contribuições e inovações advindas de prospecção e uso da biodiversidade e dos saberes locais, além do investimento intelectual científico e tecnológico dos partícipes; promover atividades de cunho educativo, ecológico e sociocultural com a oferta de atividades de extensão; desenvolver programas de pesquisa conjunta através de convênios ou contratos específicos; realizar intercâmbio de informações quanto ao desenvolvimento de programas de trabalho em cada uma das instituições; determinar por acordo mútuo as diferentes áreas de cooperação, bem como os termos, condições e métodos de execução de cada projeto, a serem viabilizados através de convênios ou contratos específicos.

Texto: Silvia de Souza Leão
Comunicação BioTec-Amazônia
E-mail: silviadesouzaleao@biotecamazonia.com.br/ biotecamazoniacomunica@gmail.com
Telefone: (91) 99271-5573
Endereço: Espaço Empreendedor, localizado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá – PCT Guamá, 3ºandar, salas 401 a 404.

Silvia Leão

Comunicação BioTec-Amazônia. E-mail: silviadesouzaleao@biotecamazonia.com.br. Telefone: (91) 99271-5573. Endereço: Espaço Empreendedor, localizado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá – PCT Guamá, 3ºandar, salas 401 a 404.

Deixe uma resposta

Fechar Menu